Aprenda a diferença entre mágica e ilusionismo!

Mágica X ilusionismo

 Talvez você imagine que mágica e ilusionismo possuam os mesmos truques e não possui diferença alguma, porém ambos definem a arte da apresentação com truques de desaparecimentos e transformações utilizando objetos, animais e até mesmo pessoas. A mágica tende a ser uma ilusão, contudo o ilusionismo também seria uma mágica.

Já outros, acreditam que a mágica é feita de forma mais próxima da plateia, enquanto que o ilusionismo possui uma estrutura mais elaborada e ensaiada. Apesar das opiniões diferentes sobre essas definições precisamos concordar que a principal função é a arte de encantar o público com truques porem estas atividades são antigas, com isso, a criação da mágica e do ilusionismo fazem parte da história.

Não podemos deixar de citar que o magico consegue atuar sozinho na maioria das vezes, como tirar o famoso coelho da cartola, e efeitos visuais incríveis. No caso do ilusionista precisa de uma equipe treinada para que seus truques de aparecer ou desaparecer grandes objetos como aviões, carros, motos, outros criando uma ilusão de ótica na mente das pessoas tornando algo inexplicável, impossível de acreditar porque você não consegue descobrir o que aconteceu, parece real.

Mas, e agora? Através deste conteúdo iremos começar a trajetória da magica e o ilusionismo e aprender alguns truques. Primeiramente vamos conhecer a história para entendermos melhor para concluir sua definição.

A primeira mágica

Os registros mais antigos de uma mágica vem do Egito, escrito por volta de 2000 a.C. Relata-se o trabalho do  primeiro mágico chamado Dedi diante da corte do faraó Kéops. Este documento histórico encontra-se no Berlin State Museum e acredita-se ter sido mil anos depois da morte de Dedi.

A mágica mais praticada era a de colocar a cabeça em volta dos corpos decapitados e fazer com que voltassem à vida. Não sabemos se realmente aconteceu, pois os relatos da época não ter poder oficial, contudo, podemos dizer que o mágico deixou seu público bastante entusiasmo com o truque.

A mágica chega à Europa

Existiram algumas resistentes devido ao poder religioso da época, já que fazer mágica era extremamente proibido pela Igreja e os praticantes jurados de morte. Através da ilusão dos truques acreditavam que os mágicos eram pessoas com poderes sobrenaturais, com isso, os mágicos foram perseguidos.

Mesmo assim, há alguns relatos de mágicos que se apresentavam na Inglaterra e parte da Europa ocidental. Um desses mágicos, chamado Brandom, que morava na Inglaterra, na época o reinado era de Henrique VII, o magico realizava suas apresentações para o rei, praticava o truque de cortar e apontar para um pombo em cima de um muro. Após, o mágico desenhou um pombo parecido no chão e cravou um punhal no desenho, fazendo com que o pombo que estava vivo caísse morto no chão. O rei, com medo de também ser uma vítima, o proibiu de fazer esse truque.

Livro de mágica

No século XVI foi escrito um livro importante para a história da mágica The Discovery of Witchcraft “A Descoberta da Bruxaria” por Reginald Scot, um fazendeiro, morador de Kent, na Inglaterra. Com 560 páginas, com objetivo de explicar os fundamentos usados pelos mágicos, pois estava revoltado com tamanha crueldade das condenações por bruxaria, inclusive os conceitos de sua obra são utilizados atualmente.

Contudo, quase que perdemos esta obra, porque o rei James VI, quando assumiu o trono inglês acreditava que o livro afrontava a igreja. Ele mandou queimar todos os livros. Porem alguns exemplares sobreviveram e depois reproduzidos.

A partir da criação da imprensa, no século XV, os registros ficaram mais acessíveis e outros relatos sobre mágicas surgiram no decorrer dos tempos. Com as apresentações de rua e os teatros também foram bem importantes para a divulgação da mágica e ilusionismo.

O surgimento da mágica também deu origem ao ilusionismo, com isso. podemos concluir que o ilusionismo é a evolução das magicas com truques mais elaborados e ensaiados, com apresentações mais longas e com um efeito ilusório incrível. Porem as singelas magicas contribuiu para chegarmos a esta evolução de hoje. Como tudo se aprimora, os truques não poderiam ficar para trás, podemos desfrutar com avanço tecnológico que acaba ajudando estes profissionais a terem recursos que fazem toda a diferença.

Eu gosto de relacionar mágica com aprender marketing digital, pois você não começa já participando de eventos gigantes com feras do empreendedorismo como o NAC Brasil 2017, você começa de baixo, e na mágica começa com truques simples, mas que já impressionam a maioria das pessoas.

Espero ter esclarecido sua dúvida sobre mágica e ilusionismo que independente de tudo é uma arte encantadora e surpreendente. Para torna-se um mágico ou ilusionismo é preciso muito dedicação, treino e esforço, o bom profissional é aquele que você se encanta de ver os truques e não consegue ver a ilusão que ele faz, ou seja, é algo perfeito. Caso você nunca tenha visto uma apresentação, não deixe de ter esta experiência em sua vida. Aproveite seu tempo livre para visitar uma apresentação, e colocar um pouco de fantasia no seu cotidiano, com certeza irá te distrair e te surpreender.

Dica do dia: Seja cheiroso! rsrs Sim, esses dias eu fui em um evento de mágico e participei como convidado, mas o mágico não cheirava muito bem. Pela rápida procura que fiz encontrei o site Perfumes Importados Para Revenda e acabei descobrindo que um perfume. (Que faz você cheirar bem) é bem barato. Então galera, use e não seja um mágico sujo. 

Tagged: Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *